BitFi, carteira impossível de ser hackeada, talvez tenha sido… hackeada

Em julho, o lendário McAfee disse que a carteira virtual fornecida pela BitFi seria o “primeiro aparelho não hackeável”, e deu como garantia US$ 100 mil a qualquer expert que conseguisse fazê-lo.

Desde então, vários relatórios surgiram dizendo que a BitFi não é tão “unhackable” assim… Mas é claro que o próprio McAfee e a empresa desmentiram, fazendo parecer com que o prêmio oferecido para a “corrida pelo hack” parecesse apenas um truque de marketing.

A BitFi, para quem não sabe, é uma carteira de hardware (física) que tem suporte para “uma quantidade ilimitada de criptomoedas”,cujo preço é de US$ 120 (segundo o site).

O projeto foi lançado em julho, quando o famoso investidor John McAfee divulgou o lançamento em seu Twitter, chamando-o de “Colt 45 [arma famosa] do mundo cripto” e oferecendo US$ 100 mil à primeira pessoa que hackeasse o aparelho.

A jogada da BitFi é de não armazenar uma chave privada no aparelho e, sim, a substituir por um sistema de segurança que só é desbloqueado por uma frase de segurança de 24 palavras que pode ser decorada pelo usuário. A senha deve ser escrita em um papel (não armazenada na internet) e, por isso, contribui para a segurança.

A chave privada é calculada por um algoritmo a cada vez que o usuário escreve sua frase chave e, quando a transação é aprovada, a chave já não está na memória local do aparelho. Assim, se o computador, for roubado, o ladrão não poderia roubar sua chave (e suas preciosas criptos).

O produto ainda seria de código aberto e o usuário teria controle de seus fundos, o único requisito é o de lembrar da sua frase chave. A carteira é automaticamente renovada por WiFi, o que, segundo os criadores, “não deixa espaço para erro humano”.

O desafio de McAfee (e da empresa) foi levado a sério e a companhia chegou a fazer “regras” para dar o prêmio ao hacker.

Na última semana, personalidades do mundo cripto (OverSoft, Saleem Rashid, Andrew Tierney) disseram via Twitter que já tinham acesso à BitFi como administradores, mas a empresa de McAfee disse que isso não era considerado um hack, de acordo com as condições impostas anteriormente.

Assim fica fácil, né, BitFi?

Avalie esta publicação:
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5
Loading...
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close